Projeto cultural de leitura aproxima famílias e estudantes

Uma iniciativa cultural voltada para o incentivo à leitura nas escolas está aproximando estudantes e famílias no Vale do Aço. Sob a coordenação de profissionais especializados, o Projeto “Família Que Lê” promove diversos debates e encontros entre pais e alunos, fortalecendo os vínculos familiares.

As atividades desenvolvidas contribuem com estratégias inovadoras e viáveis para alcançar os objetivos propostos pelas novas legislações educacionais, que preconizam um maior engajamento da família no processo de ensino e aprendizagem.

Em Belo Oriente, a fase do “Família Que Lê” já conta com visitas às escolas, onde são realizadas rodas de conversa com familiares e estudantes, além de encontros periódicos com diretores e pedagogos.

Em Açucena, além desses encontros, já se formou a comissão organizadora do projeto, que em breve também chegará às escolas do município.

As famílias beneficiadas serão presenteadas com livro dos autores Marli Andrade e Paulo Henrique, coordenadores do projeto. A obra aborda uma visão socioemocional na condução da educação contemporânea.

Patrocinado pela CENIBRA e apoiado pelo Instituto CENIBRA, o Projeto “Família que lê” é viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura e realizado em parceria com as Prefeituras de Belo Oriente e Açucena, por meio das secretarias municipais de educação. A iniciativa tem obtido sucesso em aumentar a participação das famílias em todo o processo educacional dos alunos.

Histórico

O “Família Que Lê” é um desdobramento de outro projeto com temática semelhante, o Criança Que Lê, que atendia somente a crianças da Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental e que deu origem a outro projeto, o “Jovem Que Lê”.

Veja também